De Verso em Prosa - Vamos Poetar

Em meio a tantas agruras, refrescar a memória com poesia é excelente alternativa. Então...


Obra Prima

Acredito que eu esteja apto 
Para construir meu aconchegante ninho
Usando gravetos que foram jogados a esmo 
Para ocuparem os espaços que me forem destinados
No galho mais importante da árvore frondosa 
Esperançoso de que o aconchego se torne ainda mais confortável 
Convidarei meus amigos afetuosos 
Para festejarmos com alegria plena 
Detalhando cada momento 
Usufruindo do ambiente ao ar livre 
Quero manter minha modéstia 
Porque não sou adepto da ganância 
Inspiro-me para melhorar minha convivência 
Admirando quem é ambicioso 
Nem que seja por coincidência 
Aquele que busca e persevera 
Com probidade e sem dilema 
Almejando que o ninho permaneça intacto 
E todos possam se proteger
Realçando os versos aqui contados 
Construídos de forma delineada 
Estratégicos e até requintados 
Edificados com bastante zelo
Capazes de alinhavar este poema.
(PV)

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA