Clima dançante de amor

Natália Matos lança trabalho autoral, que a consolida como compositora pop, em show no Teatro Margarida Schivasappa



A cantora Natália Matos fará o show de lançamento do novo CD “Não sei fazer canção de amor”, amanhã, no Teatro Margarida Schivasappa do Centur, às 20h30. O disco autoral que tem a produção de Léo Chermont (Strobo) e direção artística de Carlos Eduardo Miranda, é recheado de músicas dançantes, com destaque para “A Cura”, composição feita em parceria com a cantora Ana Clara, que já é apontada como a favorita do público. No show, Natália estará acompanhada de Dan Bordallo (teclado e bass synth), Léo e Sabá Netto (guitarras), Braulio Habib (bateria e drum pad) e Rafael Ramos, que toca com a banda The Baggios, indicada ao Grammy Latino em 2017 (teclado).
“Será único e especial. Estaremos imersos numa atmosfera dançante de amor e leveza”, antecipa Natália. 
“A minha música traz uma Amazônia urbana, cosmopolita. Das conexões, das dores existenciais, das tecnologias. E traz também, na sua raiz, o nosso chamego, o nosso riso. A resistência de quem vem do Norte. As altas temperaturas, o swing. A potência do nosso olhar e dos nossos rios”, descreve a cantora. Nascida em Belém, onde estudou piano na Escola de Música da Universidade Federal do Pará (UFPA), Natália Matos estudou Canto Popular na Escola de Música do Estado de São Paulo -Tom Jobim (Emesp) e Arquitetura na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Em São Paulo, participava de rodas de samba e interpretava Aracy de Almeida, Adoniran Barbosa e cantoras da Era do Rádio.
“Não sei fazer canções de amor” tem um repertório de músicas românticas que falam de dores, de sonho e de liberdade. Natália assina nove das dez canções do álbum, se consolidando como uma compositora pop. “É um disco que me tem inteira.

Fonte: Site de O Liberal Online (Texto e fotos)

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA