Artista revisita Círio a partir da estética bonikta

Ilustrador iCaio Aguiar ntegra expô com releituras de cartazes da festa religiosa



A arte urbana ganha cada vez mais seu valor, gritando respeito, combatendo preconceito e garantindo seu lugar de fala, mesmo que esse espaço seja marginalizado. Caio Aguiar, ilustrador paraense de 22 anos, é um desses artistas que ocupam além dos muros, a internet, a pele e tudo o que for capaz de receber uma de suas “Boniktas”, personagem criado que discute gênero, imaginário amazônida e cultura urbana. Seja em canais de redes sociais, em forma de lambe-lambe, grafitti, tattoo, post-its e em ilustrações que surgem em caneta nanquim, canetinhas coloridas, colorização digital, o artista cria inúmeras versões do personagem que reflete costumes disruptivos na sociedade contemporânea.

Fonte: Site de O Liberal Online (Texto e foto)

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA