Feira do Livro: ASAS DE UM MENINO CHAMADO THIAGO



“Asas de Menino”, livro organizado pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) em parceria com a Imprensa Oficial do Estado (IOE) em homenagem ao fotografo Thiago Araújo, foi lançado oficialmente neste domingo, 04, dentro da programação da XXI Feira Pan-Amazônica do Livro. A publicação reúne trabalhos do fotografo, morto em julho de 2015, em coberturas jornalísticas, artísticas pelo Festival de Música Serasgum e pela própria Secom, além de seu acervo pessoal.

    “Nós queríamos homenagear o Thiago de alguma forma e, ao mesmo tempo, ajudar a família dele”, contou a jornalista Sônia Ferro, produtora executiva do projeto, lembrando que todo o valor arrecadado com a comercialização de “Asas de Menino” é revertido à família do fotografo, criado pela mãe, Jurema Araújo, com ajuda da avó materna. Após o lançamento, na Feira do Livro, a obra pode ser encontrada na Livraria Fox, e nas lojas Na Figueiredo, na Estação das Docas, e Belém Photos.    

    As fotografias reunidas em “Asas de Menino” são fruto da pesquisa realizada por Marcelo Lélis, fotografo e amigo de Thiago, e compreende trabalhos realizados por Araújo em coberturas jornalísticas, artísticas e de seu acervo pessoal, estas últimas cedidas pela mãe, Jurema. Além das fotos, a obra apresenta o fotografo em textos escritos pelos jornalistas Ismael Machado, Marcelo Damaso, produtor do Serasgum, e Diego Andrade. “Nossa intenção com os textos é que o leitor primeiro saiba um pouco mais sobre o Thiago a partir dos relatos de quem conviveu com ele e, depois, possa compreender o fotografo a partir das suas fotografias”, explicou Sônia.

    Para a mãe de Thiago, ainda é difícil não se emocionar ao falar do filho e mesmo ao folhear o livro. “A verdade é que para mi a ficha ainda não caiu. Quando vejo o livro e lembro de todas as histórias do Thiago, a criação sozinha, sendo pai e mãe para ele, a educação em escolas públicas, a decisão dele de começar a trabalhar aos 13 anos para poder me ajudar... É como se um filme passasse pela minha cabeça e eu vejo o quanto o meu filho foi longe, o quanto o seu trabalho era maravilhoso.”

Texto: Anna Peres

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA