Adriana Arydes mostra a chave e o segredo que abrem as portas dos corações

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas no palco, show e noite

O Centro de Convenções Sagrada Família, pertencente à Paróquia de Capanema, recebeu excelente público na noite de 15 de junho, data comemorativa aos festejos de Corpus Christi, em 41 anos de tradição, quando Jesus Sacramentado é homenageado nas ruas ornamentadas por um “tapete” que junta cores e arte.
Depois da procissão que transcorreu pela manhã, grande parte dos paroquianos se confraternizaram no Centro de Convenções para ouvirem músicas católicas, primeiramente com a cantora Letícia Luz, para em seguida acompanharem Adriana Arydes, que fez um show conhecido nacionalmente. A artista que é paulista, tem também participado nos Círios Musicais em Belém, recebeu calorosa manifestação dos capanemenses que a aplaudiram do início ao fim do show.
Algumas músicas do repertório de Adriana são conhecidas e isso facilitou a interação da plateia que contou com pessoas de todas as idades. Ao passo que as músicas eram cantadas, a emoção contagiante aumentava e quando a banda introduziu os acordes de “A Chave do Coração”, as vozes se multiplicaram, pois a letra é uma espécie de oração musical que reflete sobre o poder da fé em Jesus Cristo, filho único de Deus.
De emoção em emoção, tanto a artista como o público, sentiam-se na intimidade, sobretudo quando ela fazia mensagens que tinham endereço certo: a integração Família/Igreja, concatenando com as músicas, tendo isso sortido efeitos que certamente deixaram todos regozijados de alegria, pois como ela bem disse em uma de suas frases: “Quem canta reza duas vezes”.
Ao término do show, ainda sobrou tempo para as fotos e os autógrafos cabendo aos organizadores do evento, sentirem-se com o dever cumprido, pois a resposta do público foi uma das excelências que merecem registros, provando que houve massificação do show na mídia, outro fator preponderante para o êxito alcançado.

Edição e digitação: Dinho Aguiar
Texto: Paulo Vasconcellos
Revisão e fotos: Dalva Vasconcellos

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA