Sinfônica do Theatro da Paz abre vagas para novos membros


Foto: Márcio Ferreira/Agência Pará

A Academia Paraense de Música recebe inscrições de interessados em participar da audição seletiva para a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz. São nove vagas ofertadas a novos membros, sendo seis para contratação imediata e três para cadastro reserva. Os candidatos deverão efetuar suas inscrições, que são gratuitas, até o dia 20 de abril, no Theatro da Paz, em Belém.
Há vagas para violino Spalla, primeiro violino, segundo violino, viola, violoncelo, oboé, flauta e fagote. As informações completas sobre as vagas e salários estão na convocatória publicada no site da APM (www.apm.mus.br).

Documentos

No ato da inscrição, os candidatos devem apresentar os seguintes documentos: cópia RG, cópia CPF, cópia do comprovante de residência recente e Currículo Lattes com a cópia dos diplomas e ou certificados, sendo necessária a apresentação dos documentos originais.
O edital da seletiva frisa ainda que é de inteira responsabilidade do candidato a contratação de pianista acompanhador, quando for necessário. Nos casos de instrumentos para os quais for solicitada a apresentação de uma peça de livre escolha, uma cópia da partitura deverá se entregue à Gerência de Música no ato da inscrição.

Seleção

A audição será realizada nos dias 28 e 29 de abril, no Museu Histórico do Estado do Pará (MHEP), localizado na Praça Dom Pedro II. O resultado final será divulgado a partir do dia 3 de maio de 2017 diretamente na página da Academia Paraense de Música:www.apm.mus.br.

Sobre a orquestra

A OSTP foi criada pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e estreou em dezembro de 1996. Com vinte anos de trajetória, a orquestra solidificou uma cena erudita em Belém, e oferece à população uma agenda contínua de espetáculos gratuitos. Seus músicos, que na primeira formação eram em maioria de fora do estado e do Brasil, atualmente compõem um elenco paraense, sinalizando a profissionalização de músicos da região.
Entre o hall de talentos que já integraram a OSTP, estão solistas de renome internacional, como Arnaldo Cohen, Arthur Moreira Lima, Miguel Proença, Antonio Del Claro, Emmanuele Baldini, Juliana D’Agostini, Eliane Coelho, Rosana Lamosa, Ryu Goto, Ji Young Lim, Luís Rossi, bem como os cantores paraenses Adriane Queiroz, Carmen Monarcha e Atalla Ayan, dentre outros nomes de várias gerações.
A OSTP gravou CDs e DVDs com músicos de destaque no cenário nacional e local, alcançando mais de uma dezena de títulos operísticos que compõem a programação do Festival de Ópera do Theatro da Paz, uma iniciativa única entre os estados brasileiros produtores de ópera. A orquestra apresenta também concertos mensais no Theatro da Paz, concertos didáticos, projeto de interiorização – já se apresentou em Santarém e Bragança –, concertos ao ar livre, série de câmara, além participar do Festival de Ópera do Theatro da Paz. Na trajetória, vem dando destaque à difusão da música sinfônica paraense, realizando periodicamente concertos dedicados a este repertório.
Executou em primeira audição, depois das estreias há mais de 100 anos, as óperas “Bug Jargal” e “Yara”, do paraense Gama Malcher, e também, após mais de 50 anos da estreia, a ópera “A Ceia dos Cardeais”, do paraense Arthur Iberê de Lemos.
A OSTP tem se destacado na imprensa nacional pela atuação na execução de óperas como “Salomé”, de R. Strauss; “Il Trovatore” e “Otello”, de Verdi; “O Navio Fantasma”, de Wagner; “Mefistófele”, de Boito; “Os Pescadores de Pérolas”, de Bizet, e “Turandot”, de Puccini, dentre outros títulos. Recentemente, se apresentou pela primeira vez fora do Pará, no Teatro Amazonas, em Manaus (AM), com grande sucesso de público, como parte do Festival Música na Estrada.

Serviço: 

Os interessados em participar da audição seletiva da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz devem se inscrever até 20 de abril, na Gerência de Música da Secult, no 3º piso do Theatro da Paz, nos seguintes horários: de 9h às 12 e de 14h às 18h.
Informações: Academia Paraense de Música (91) 3222-4241 e Gerência de Música da Secult (91) 4009-8766, ou pelos e-mails:ger.mus.secult@gmail.com e apmgestao@gmail.com.

Fonte: Portal ORM

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA