Passos dados pelos caminhos da Poesia




Das mãos do Poeta - Ainda estou festejando a conquista que obtive na APL e um detalhe que aconteceu lá, foi de grande coincidência. O meu caro poetamigo Samuel Alencar, foi designado pela presidência da Academia Paraense de Letras-APL, para me entregar o troféu "Rodrigues Pinajé", motivo de alegria para mim e para parte da platéia, formada por meus convidados. Este registro está marcado nos anais da APL e da nossa ACLA.




A Bandeira do Poeta - Por onde quer que eu vá, levo comigo o estandarte do progresso que tem as cores azul e amarelo: a Bandeira de Capanema que a desfraldo com bastante orgulho. Foi assim na Academia Paraense de Letras, quando recebi o prêmio por ter conquistado o concurso 'Cidade de Belém', que escolheu as melhores poesias, entre elas, "Belém e suas Riquezas", produção de minha autoria. Aqui estou com a Bandeira e também com a minha turma: Dalva Vasconcellos, Samuel Alencar, Roberto Grilo, Mario Zumba e Joaquim Belo Belo









Muitas Inspirações - É sempre assim: Em todos os momentos que participo de algo que se relaciona com a cultura e até outros segmentos, ela, a minha doce Estrela Dalva Vasconcellos, me acompanha, além de ser incentivadora do meu trabalho. Como sempre digo que minhas conquistas são coletivas, ela é detentora do maior pedaço do troféu e do certificado que oficializam minha conquista na Academia Paraense de Letras. Vamos continuar comemorando!!!





















































Comemorando - Ao lado de DR. Alcyr Meira, Presidente da Academia Paraense de Letras-APL e da poetamiga Benigna Samselski, momento importante que vou guardar comigo.


Experiência - Conversei bastante com o presidente da APL, Alcyr Meira, quando ele fez várias menções referentes a importância do intercâmbio entre as Academias de Letras.


Edição: Dinho Aguiar
Fotos: Anna Paula Santos

































Comentários

MENSAGEM DA SEMANA