O homem amazônico invade o Rio



Obra do paraense Éder Oliveira está exposta no centro cultural do Flamengo

A instalação fotográfica “Anônimo”, do artista paraense Éder Oliveira, ganhou exposição no Grande Campo, espaço de arte pública mantido pelo Instituto Oi Futuro  no Flamengo, Rio de Janeiro. Cobrindo a fachada lateral do prédio, com 10 metros de altura, a obra traz uma representação do homem amazônico pelo olhar do artista paraense, que se tornou conhecido por sua arte de rua e murais. “Anônimo” tem curadoria de Alberto Saraiva e ficará em cartaz até 13 de novembro.

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA