“Mataram Meu Irmão” é atração na Casa das Artes






O Núcleo de Produção Digital (NPD) da Fundação Cultural do Pará (FCP) exibe hoje, na Casa das Artes, o documentário nacional “Mataram meu Irmão”, do diretor Cristiano Burlan. O filme integra a sessão “Longa Livre” da Mostra do Filme Livre, aque começou no dia 8 de agosto.
“Mataram Meu Irmão” faz uma reconstituição dos detalhes da morte de Rafael Burlan da Silva, irmão do cineasta e diretor do longa Cristiano Burlan, ocorrida há 12 anos. Cristiano lança-se a uma jornada pessoal que conduz ao coração de um círculo de violência em torno dos bairros da periferia paulistana – como o Capão Redondo, onde morava a família e o irmão de 22 anos, que foi morto com sete tiros, em 2001. Explorando as razões do envolvimento do irmão com drogas e roubo de carros, o diretor expõe partes de sua própria história familiar, ouvindo parentes e amigos, cujos depoimentos trazem à tona os destinos de diversos personagens, mapeando o histórico de dolorosas feridas emocionais.

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA