Walcyr Monteiro ganha homenagem de escola

Leitura - Escritor paraense dá nome à bilbioteca da escola João Carlos Batista, no Coqueiro


O que se pode esperar de um escritor quando comparece à inauguração de uma biblioteca escolar que leva o seu nome? Que ele goste da iniciativa e expresse essa aprovação por meio de um sorriso sincero. Pois bem. O escritor paraense Walcyr Monteiro, 76 anos, dirigiu-se até a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Carlos Batista, no bairro do Coqueiro, em Ananindeua, no final da tarde da terça-feira (28), e retribuiu a homenagem da comunidade escolar em dar o seu nome à biblioteca da escola. Ele não apenas abriu um sorriso sincero, mas também doou exemplares de seus mais de 30 livros publicados à unidade de ensino.
O gesto de Walcyr reforça o projeto pedagógico da escola de incentivar os estudantes de todas as idades à leitura. O mote desse projeto é a própria obra de Walcyr Monteiro, em especial os casos assombrados reunidos no livro “Visagens e Assombrações de Belém”.

Edição: Roberto Lisboa
Fonte: O Liberal

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA