Oficina incentiva formar novos contadores de histórias e contos infantis


Buscando formar novos contadores de histórias e contos, a professora Giselle Ribeiro ministrou a oficina “A Arte de Contar Histórias e a Costura da Prosa com a Poesia ou Brinquedo Literário”, durante a programação deste domingo, 05, na XX Feira Pan-Amazônica do Livro, e levou para os participantes, técnicas e metodologias para a apresentação e desenvolvimento de histórias com crianças, estimulando a criatividade, oralidade e a expressão corporal.
Com um público formado por adultos e crianças, a oficina consistiu em transformar as histórias em poesias e prosa, capazes de desenvolver a imaginação das crianças. “Precisamos de adultos criativos, que sejam crianças sobreviventes, capazes de contar histórias, sejam elas antigas ou não, prendendo a atenção de quem assiste,”, explicou Giselle Ribeiro.
Giselle também destacou que a oficina é a conclusão das atividades desenvolvidas ao longo da semana na Feira, como os as de “Escrever para contar: o contador de histórias dono do próprio texto”, de Celso Sisto, e “A poética na arte do Contador de Histórias”, de Gislayne Matos.
“Nessa oficina finalizamos os trabalhos através de uma costura das histórias com a poesia incentivando à criatividade e a expressão corporal dos participantes, o que é fundamental para o surgimento de novos contadores de histórias e de novos leitores”, comentou.


Edição: Roberto Lisboa
Texto: Tiago Furtado 
Foto: Carlos Sodré
Fonte: Site da Feira Pan-Amazônica

Comentários

MENSAGEM DA SEMANA