Hoje é dia de rock, bebê!

Fafá de Belém interpreta canções que marcaram a história da música brasileira, no Parque Musical


Hoje e amanhã tem Fafá de Belém com um repertório bem diferente do tradicional. É que desta vez a paraense chega para apresentar, a partir das 20 horas, no palco do Teatro Gasômetro, o show “On The Rock in Roll”, que traz uma série de canções consagradas no rock nacional. A apresentação é realizada dentro do projeto Parque Musical, da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).
O show é formado por 17 canções, a maioria delas conhecidas nas vozes de bandas nacionais brasileiras. “Até Quando Esperar” (Plebe Rude), “L’Avventura”, (Legião Urbana), “Me Adora” (Pitty) e muitos outros sucessos de diferentes gerações do rock fazem parte da noite. Segundo Fafá de Belém, o show mostra ao público algumas canções que ela admira. “De Focus e Plebe Rude, a Marina Lima e Roberto Carlos. São minhas memórias de adolescência. Músicas que gosto, mas que não se encaixam em roteiros”, avalia ela.
No novo trabalho, a cantora não deixa totalmente de lado suas raízes na MPB, e inclui no repertório versões mais “rock” de músicas como “Naturalmente” (Caetano Veloso e João Donato) e “Apaixonada” (Michael Sullivan e Paulo Sérgio Valle), que virou sucesso entre os anos de 1980 e 1990 na voz da artista.
Um das surpresas do show fica por conta de “Robusta”. A canção foi escrita em conjunto por Arnaldo Antunes, Toni Bellotto, Marcelo Fromer e Nando Reis, no ano de 1985, e faz uma breve referência ao hino nacional brasileiro, gravado por ela em uma versão de voz e piano no LP “Aprendizes da Esperança”, no mesmo ano. “Lembro que eu estava viajando, aí cheguei em casa e tinha um envelope para mim. Nele estava escrito ‘Titãs’, e mais nada, com a fita dentro. Nem sabia mais que essa fita ainda existia, um sobrinho-neto meu que encontrou”, relembra ela.

Edição: Roberto Lisboa
Fonte: ORM/O Liberal


Comentários

MENSAGEM DA SEMANA